sexta-feira, 14 de abril de 2017

O anónimo que nunca foi anónimo, embora tenha escrito sempre sob anonimato...

 

Outra peça interessante sobre o Luís Miguel Fernandes Crespo, aka Leocardo, funcionário da Conservatória do Registo Predial de Macau, colunista do jornal Hoje Macau e do boletim "A Voz", da Associação dos Macaenses, presidida por Miguel Sena Fernandes: "Não sou nem nunca fui anónimo" mas "escrevi sob o anonimato desde sempre"...


Sem comentários:

Enviar um comentário